terça-feira, setembro 30, 2008

Belenenses-0-1-Leixões: E agora?

Blog do Belenenses: Luciano Rodrigues

E agora meus caros, resta-nos como bons Belenenses apoiar o mais possível a nossa equipa. Os nossos jogadores não têm culpa das deficiências na constituição do plantel e têm dado tudo em campo, mas as coisas não saem a preceito. Quanto ao treinador, nem vale a pena pensar em mudanças, pois não há dinheiro nem para mandar cantar um cego.

A nossa equipa não é assim tão má, e por exemplo os 3 últimos reforços vieram acrescentar alguma qualidade ao plantel, mas precisam de mais algum tempo para ganhar entrosamento. Ah, e o que precisamos também é de uma boa dose de sorte, que nos tem andado fugida.

Vamos lá ganhar na Figueira da Foz e somos de novo (quase!) os maiores!

PS - O verdadeiro culpado já não está no Restelo.

Belenenses no Mundo: Peniche

Photobucket
Barco no Forte de Peniche
Foto enviada por Vitor Ferreira

segunda-feira, setembro 29, 2008

Para onde caminhas Belenenses ?

Blog do Belenenses: Tiago Moreira

4º jogo, 3ª derrota! São simples de fazer as contas deste Belenenses 2008/2009.

Num jogo em que a nossa equipa alinhou da seguinte forma:

Julio César; Mano, Alex von Schwedler, Matheus e Carciano; Gabriel Gómez; Cândido Costa, Silas e Zé Pedro; Richard Porta e Wender

Com Cândido Costa a jogar no lado direito da defesa, e Mano no lado direito do Losango, Porta e Wender na frente de ataque.

È notório que esta equipa não tem garra, nem carisma, aquando de iniciar uma jogada de ataque, parece que os jogadores não sabem o que fazer, não têm um modelo de jogo construído. A defender, mostramos muitas fragilidades, muita pouca segurança.

Não foi um jogo muito bem disputado com o Leixões a apresentar-se no Restelo, a jogar atrás da linha da bola, e a explorar o contra-ataque. E o certo, é que cada vez que o fazia, fazia com perigo! Jogando nas costas da nossa defesa, iam conseguindo ameaçar a baliza de Júlio César.

Ao intervalo, fora das 4 linhas, também muita confusão. Com vários sócios a discutirem com os seguranças de serviço. Enfim .. muita coisa vai mal no nosso clube!

Na 2ª Parte, nada de novo. Muitos passes falhados, pouca “cabeça” para construir jogadas de perigo.

Até que ao minuto 75, surge o golo do Leixões. Braga, a passa de Diogo Valente, a fazer um grande golo! E começou o clima de “terror” no Restelo..

A nossa equipa tentava reagir como podia, primeiro é Roncatto a rematar para uma grande defesa de Beto... Na recarga, Wender atira para nova excelente parada do guardião do Leixões.

Ao minuto 80, Zé Pedro atira á trave, com um grande remate.

Termina o jogo, com a derrota do Belenenses, e muitos assobios e insultos á equipa.


Para onde caminhas Belenenses ?



Belenenses x Leixões

BELENENSES x LEIXÕES
hoje às 19:45
No âmbito do 89º aniversário do clube, os sócios com quotas em dia têm entrada livre e podem levar 1 acompanhante. Mais informações no site oficial.

domingo, setembro 28, 2008

Tudo ou Nada !

Blog do Belenenses: Tiago Moreira

È amanha pelas 19:45, que a nossa equipa de futebol recebe o Leixões.

A equipa de Matosinhos, vem de uma vitória de 2-0 frente ao Braga, e vem com a moral em alta para o Restelo, estádio onde ja parece .. ser facil pontuar ..


Lista de convocados:

Guarda-redes: Júlio César e Costinha

Defesas: Baiano, Cândido Costa, Vanderlei, Carciano, Matheus e Alex

Médios: Maikon, Gómez, Mano, Vinícius, Silas, Zé Pedro

Avançados: Roncatto, Evandro Paulista, Wender, Porta e João Paulo



Vamos todos apoiar a nossa equipa, TODOS AO RESTELO !


BELENENSES X Leixões - 19:45H - Estádio do Restelo

VII Aquatlo do CFB - resultados

Como tem sido habito, o triatlo do Clube Futebol “Os Belenenses” aproveita a comemoração do clube para demonstrar a sua modalidade a todos os sócios, simpatizantes e amantes de triatlo. E foi nesse ambiente que foi organizado o VII Aquatlo do C.F.B. a contar para o Circuito Jovem de Triatlo, sendo a última competição pontuável para o ranking nacional.

Desde já os nossos agradecimentos aos atletas da equipa de natação pura que para este encontro vieram dar um excelente contributo. Também, de realçar o apoio prestado pelo director das modalidades, Eng. Miguel Barreiros e a contribuição na entrega dos prémios, do Dr. João Barbosa, em representação da direcção.
A primeira prova tinha hora marcada para as 15h00 no complexo da piscina do C.F.B. e depois de se efectuar a transição, passava-se pelos campos de futebol nº2 e 3, onde se encontrava a meta instalada.

Mas a prova para muitos começou muito antes. Desde manha diversos pais, atletas e simpatizantes começaram a preparar toda a prova para que tudo corresse da melhor maneira. E foi assim que terminou o nosso aquatlo, sem incidentes e com uma organização que recebeu diversos elogios.

Quanto ao s nossos atletas e sem destacar nenhum resultado aqui ficam as classificações.

Benjamins femininos:
Beatriz Carmo – 4º

Benjamins masculinos:
Vasco Vilaça – 3º
Guilherme Brás – 5º

Infantis femininos:
Vera Vilaça – 2º

Infantis masculinos:
Hugo Pereira – 4º
Martim Figueira – 12º
Sebastião Rebolo – 18º
Duarte Brás – 20º
Daniel Silva – 22º
Gonçalo Bouceiro – 27º
Alexandre Lourenço – 33º

Iniciados femininos:
Isabel Abreu – 2º
Sara Tenrinho – 3º
Madalena Silva – 25º
Salomé Torrão

Iniciados masculinos:
Mitos Figueira – 3º
Afonso Ribeiro – 4º
Francisco Quintas – 16º
Artur Silva – 20º
Pedro Morgado – 25º
João Canas – 27º

Juvenis Femininos:
Luísa Abreu – 1º

Juvenis Masculinos:
Simão Silva – 2º
António Rebolo – 4º
Miguel Moniz – 5º
Rui Tenrinho – 8º
João Sousa – 17º
Duarte Marcelino – 20º

Por equipas alcançamos o 2º lugar num total de 12 equipas.

mais informações em http://triatlo-cfb.blogspot.com

sábado, setembro 27, 2008

Assembleia Geral: 2008.09.26



- Assembleia Geral Live
- AG Live 1
- AG Live 2
- AG Live 3
- AG Live 4
- AG Live 5
- AG Live 6
- AG Live 7
- AG Live 8
- AG Live 9
- AG Live 10

Supertaça: todos a apoiar o Belém!

Artigo retirado do site http://www.belenensesrugby.com:

Belenenses x Direito
Estádio Universitário Lisboa
27 SETEMBRO 2008 # 16:00h
Supertaça 2008


Nas horas que antecedem a Supertaça 2008, o site Belenenses Rugby conversou com Bryce Bevin sobre a participação belenense na prova, e aproveitou para conhecer a convocatória, aqui divulgada em primeira mão.

Bevin faz antevisão

Na antevisão ao encontro, o técnico neozelandês Bryce Bevin lembrou que vários jogadores da equipa sénior têm estado envolvidos nos trabalhos das selecções nacionais principal e de Sub-21, o que naturalmente dificulta o trabalho da equipa. Ainda assim, Bevin referiu que o Direito se pode queixar do mesmo mal, já que é um clube que - tal como o Belenenses - contribui com vários atletas para as equipas nacionais.

O Belenenses procurará explorar - ainda de acordo com o técnico principal da equipa - o facto da equipa se conhecer bastante bem, já que poucas alterações conheceu face à temporada anterior.

Do lado do Direito, Bevin referiu-se aos regressos de Vasco Uva e António Aguilar, dois jogadores com muita influência no jogo dos “advogados”, bem como a Pedro Leal, que se trata de um jogador de grande imprevisibilidade.

O treinador do Belenenses manifestou a sua confiança num bom jogo, mas referiu que a equipa parte para o encontro sem exagerada pressão. “O importante é a equipa divertir-se em mais esta final, e no fim se ganharmos tanto melhor”.

Concentração de adeptos azuis

O site Belenenses Rugby propõe que os adeptos do Belenenses se concentrem no lado da bancada central do Estádio mais afastado do Bar fronteiro ao Campo 2, tal como aconteceu por exemplo no jogo da meia-final do Divisão de Honra 2007/2008, frente ao CDUL. Assim, todos os belenenses poderão ver o jogo juntos, fazendo-se ouvir com maior intensidade no apoio à equipa.

A presença de todos é fundamental para dar mais força ao Belenenses!



Final da Divisão de Honra: Hafu marca o quarto ensaio dos azuis na vitória sobre Agronomia e o Belenenses é Campeão Nacional de Rugby 2007/08.

AG LIVE - 10

01:55 - Obrigado a todos os que estiveram connosco. Agora é tempo de descansar depois de umas horas a "teclar". Para a próxima AG, fica a promessa de tentarmos transmissão vídeo em directo. Sempre poupávamos os dedos...

01:52 - Coroado agradece a colaboração dos sócios, apesar de problemas pontuais. Salva de palmas, vai tocar o hino!

01:49 - Votação do Ponto 4, que prevê a marcação de uma AGE para aprovar os estatutos que emanarem da Comissão de Revisão de Estatutos. Vai a votação... Aprovado por maioria!

01:48 - O sócio "Patana" dirigiu-se à Mesa e houve uma altercação com Coroado. Resultados da votação: 193 a favo, 8 contra e 17 abstenções.

01:45 - Vai-se votar o Ponto 3 da Ordem de Trabalhos, Comissão de Revisão dos Estatutos. Vai-se votar...

01:44 - 180 a favor, 73 contra e 26 abstenções. Temos Comissão de Gestão!!!

01:43 - Contam-se agora os votos contra... e já de seguida as abstenções. Coroado conta uma história enquanto se contam os votos... piadinha sobre juristas, Gouveia da Veiga protesta!!!

01:41 - Disseram-nos agora que há jornalistas na Sala a acompanhar a emissão LIVE do Blog do Belenenses nos seus portáteis, na bancada de imprensa. As nossas saudações!

01:40 - São apresentados os nomes da Comissão de Gestão. Vai a votação... os votos a favor parecem ter larga maioria...

01:39 - Ponto 2, nomeação da Comissão de Gestão, em votação... (algum burburinho na sala, Gouveia da Veiga não se conforma, parece que pretendia que o ponto 1 não tinha votos suficientes para ser aprovado...)

01:35 - Não se percebe bem o que se passa, a Mesa conferência após a interpelação de Gouveia da Veiga... cresce o burburinho... Coroado explica o que se passa, mas Gouveia da Veiga dirige-se novamente à mesa e diz que ele está errado! Coroado diz que a Mesa da AG subordina-se à vontade dos sócios, e se rege pelos estatutos. Coroado diz que está aprovado o ponto 1 por maioria.

AG LIVE - 9

01:33 - Suspensão temporária dos estatutos: 171 a favor, 74 contra e 23 a favor. Gouveia da Veiga dirige-se novamente à mesa... alguns protestos na sala.

01:30 - Suspensão dos estatutos a votação. Muitos braços no ar pelo sim... muitos braços no ar também contra, mas parecem em número inferior... poucas abstenções...

01:30 - 98 a favor, 127 contra e 29 contra. Reprovado.

01:25 - Afinal o que vai a votação, após esclarecimento de Gouveia da Veiga, é a discussão da sua proposta e não a sua aceitação. Vai a votação...

01:24 - Coroado também não parece perceber muito bem a ideia, tenta explicar mas sem sucesso. Vai a votação...

01:22 - Gouveia da Veiga propõe uma alteração à Ordem de Trabalhos, ao que parece quer substituír os 2 pontos sobre suspensão de estatutos e nomeação da Comissão de Gestão apenas pela nomeação de uma Comissão de Gestão, sem suspensão de estatutos. A audiência não parece perceber a ideia... nem os editores do Blog!

01:21 - Posto a aprovação a suspensão dos estatutos... Gouveia da Veiga dirige-se à Mesa e discorda de qualquer coisa...

01:17 - Coroado explica a necessidade de suspender os estatutos, como está na Ordem de Trabalho, para aprovar a Comissão de Gestão.

01:09 - Fala João Almeida. Refere que se houver decisões importantes no período da Comissão de Gestão elas serão tomadas pelos sócios em AG. É importante saber quais as receitas e custos por modalidade. É necessário aumentar a comunicação com os sócios, e a Comissão estará à disposição dos sócios. Em Janeiro haverá um simpósio de reflexão sobre o que é e o que deve ser o Belenenses. A Comissão não vai preparar as eleições, vai estabilizar o clube para que quem apresente projectos em Abril saiba ao que vai. Pede que ninguém tenha medo de se candidatar no Belenenses. Não haverá líder da Comissão de Gestão, não vale a pena os sócios terem medo de haver um líder que queira protagonismo para as eleições de Abril. Refere abertura se houver melhor proposta à Comissão de Gestão. Aqui só vota quem cá está, não há procurações. E se o problema são os diferentes votos pelos anos de sócio, então hoje aqui também cada sócio tem um voto. Refere que o seu momento mais triste como Belenense viveu aos 10 anos, quando o Gonzalez o reprovou nas captações do futebol. Não podemos andar com a Cruz de Cristo ao peito. Temos um corpo de voluntários para dar o seu melhor pelo Belenenses.

AG Live 8

01:07 - Vai falar agora um elemento da Conselho Fiscal sobre a confusão de há bocado. Pede desculpa por ter causado o problema de há bocado.

01:04 - Afinal Luis Baptista vai falar. Diz que não pensou que as suas declarações iam causar tanto mal estar. Diz que não quis ofender ninguém mas que vai provar as suas declarações.

01:01 - Barros Rodrigues. Quis esclarecer uma questão, desde que saiu da SAD não falou com mais ninguem da direcção do clube. Deu apenas, em privado, a sua opinião sobre a venda do Pelé. Termina com um apelo à união do Belenenses. Diz que não vale a pena preocupar-nos com coisas que se passaram há dois anos.

00:58 - Nelson Soares vai falar, também em resposta ao Luís Baptista. Diz que foram referidos factos falsos pelo Luis Baptista não sabe com que propósito. Não teve tempo para terminar.

00:56 - Fala agora Ramos Lopes. Viu hoje pela primeira vez Luis Baptista. Diz que ele mentiu. Diz que vai tomar as medidas necessárias.

[É apupado pelos sócios]

00:53 - Vai falar Sequeira Nunes. Diz que nunca interviu na SAD. Deu apenas opiniões. Distancia-se do Fernando Sequeira.

[Luis Baptista dirige-se à mesa para falar, mas Coroado não permite]

00:52 - Pediram a palavra para defesa da honra 4 consócios. Têm 2 minutos para falar.

00:44 - Vai falar Luciano Rodrigues. Fala das guerras internas do clube. Temos que nos ouvir e aceitar as ideias dos outros. Recebe aplausos. Fala de Fernando Sequeira que nunca explicou nada e do que aconteceu ao Belenenses. Diz que ninguém o viu no Restelo antes de ser presidente pelo que ninguém vai ter saudades dele.
Diz que tem toda a consideração pelos membros do CG mas a verdade é que o FS foi proposto por eles e fugiu! Não compreende a vantagem de uma comissão de gestão e diz que o anuncio de uma comissão impossibilitou o anuncio de candidaturas à direcção do Belenenses. Diz que face às circunstâncias deve-se avançar com a comissão para dar tempo que se apresentem projectos. Diz que não há adeptos com mais esperança do que os Belenenses. Temos sempre esperança que vamos ganhar. Esperemos então pelos projectos.

00:30 - Confusão na AG. Um membro da mesa dirigiu-se à bancada para pedir a uma pessoa que se calasse. Coroado pede que se mantenha a calma sob pena de suspender a Assembleia.

00:37 - Fala agora Gomes Pedro.

00:28 - Vai falar o Luis Baptista. Diz que não é verdade que o CG não tenha intervido na candidatura do Fernando Sequeira. Ele admite que ia candidatar-se às ultimas eleições mas como o Conselho Geral já tinha o seu candidato decidiu não avançar. Sequeira Nunes levanta-se e discute com o Luis Baptista. Coroado intervém - não deve haver diálogo com a plateia. Diz que o Conselho Geral é dirigido por duas pessoas - Sequeira Nunes e Ramos Lopes. Diz que os culpados do estado do clube são eles. Luis Baptista quando esteve no clube (na SAD com Cabral Ferreira) foi ver as contas do clube e diz que naquele dia ganhou 150 inimigos! Foi por isso que saiu!

[Ramos Lopes e Sequeira Nunes querem falar]

Diz que não ia entrar numa eleição que sabia à partida que ia perder! Ele diz que é Belenenses e o que quer é ganhar! Diz que o Belenenses paga mais indemnizações do que Benfica e Sporting! Apela aos sócios que vejam a auditoria!!

AG LIVE 7

00:19 - Vai falar Sequeira Nunes. Diz que faz parte do Conselho Geral [é o presidente] porque assim os estatutos o permitem uma vez que foi um antigo presidente. Diz que o CG também é constituído por pessoas que não venceram eleições. Diz que reconhecia os erros que cometeu quando era presidente. Diz que é mentira quando se diz que as decisões de Fernando Sequeira eram apoiadas pelo CG. Diz que se falou pela primeira vez de uma Comissão de Gestão numa reunião pedida pela mesa da AG. Aliás, o CG nunca foi reunido sem ter pedido pela Direcção. Diz que foi muito difícil constituir a primeira comissão e mais tarde as mesas da AG e CG fizeram todos os esforços para constituir a segunda comissão.


00:10 - Regressa o sócio António Fraqueiro. Dá os parabéns ao Lu! Fala sobre os adeptos que não têm possibilidade de ir ao estádio. Diz que, principalmente com um estádio vazio, temos a obrigação de ir buscá-las! Não custa assim tanto!

Precisamos de uma plataforma tecnológica que nos indique quem são os sócios, porque cá vêm? A que jogos vêm? Não há patrocínios sem sócios!!! Ninguém mete aqui dinheiro sem adeptos e sócios!

O esquema de patrocínios actuais (Camisolas e publicidade estática) já acabou. Só há quatro maneiras de ganhar dinheiro no futebol: venda de jogadores, patrocínios, património e receitas dos sócios.

Temos de inovar! Os grandes clubes são máquinas de gerir emoções! O Schalke é um clube da nossa dimensão. Tem agora 88 mil sócios! É uma máquina de ganhar dinheiro!

O Benfica nasceu aqui... O Beira-Mar já tem TV na net.

Quem vier para cá precisa de 4 coisas: sentido de responsabilidade; coerência; rigor; transparência de processos.

Precisamos de união. Só há duas razões para não termos sucesso: ou não sabemos ou não queremos!

sexta-feira, setembro 26, 2008

AG LIVE - 6

00:02 - Vai falar o LU!!!! Os sócios aplaudem-no! Começa por dar os parabéns ao clube! Diz que é preciso união!!! Fala agora da Furia Azul! Diz que está ilegal. Diz que teve uma conversa no ano passado e disse-lhe que ele era um gestor mas que não sabia se tinha "tomates" para o futebol. No dia de aniversário do clube, na homenagem ao José Antonio, falou com o Zé Pedro, que lhe disse que o grupo é bom!! Fala ainda que a Furia Azul vai fazer anos amanhã! Ficámos a saber que o Lu chama-se António Serra e tem 50 anos! É muito aplaudido pelos sócios!! Agora recorda o Coroado sobre um episódio que aconteceu há uns tempos. Risos gerais!!! E termina com um "TENHAM COLHÕES PARA SER DO BELENENSES". Grita-se BELÉM, BELÉM, BELÉM no pavilhão! Fantástico!


23:53 - Vai falar Gouveia da Veiga. Diz que já perdemos o fio à meada! Devemos voltar ao inicio da assembleia. Recorda a ordem de trabalho: 1º Suspensão temporários de alguns artigos do Estatutos (ver site oficial).
Um dos artigos impede a direcção de alienar património do clube sem uma AG. Ele diz que vota não!
Pede à mesa para ficar em acta que os membros da anterior direcção deviam ir ali prestar esclarecimentos! Está previsto nos estatutos. Se não o fizerem deve ser aberto imediatamente um processo disciplinar contras essas pessoas.
Relativamente às contas, diz que o clube endividasse 2 milhões de euros por ano e a SAD 4 milhões se não for vendido nenhum jogador.
Diz que precisava que nos indicassem as medidas para o clube => se for necessário despedimento colectivo, que se faça. Se o défice das piscinas for excessivo, que se fechem. Se as modalidades não forem equilibradas que acabem!
Termina a dizer que não se deve votar a suspensão dos estatutos, deve-se votar não na comissão tal como está prevista. Deve-se votar na comissão, noutros moldes.



23:46 - Fala agora Paulo Trindade. Diz que o clube precisa é que todos nós trabalhem juntos. Diz que independentemente do que for decidido precisamos de nos unir e trabalhar todos juntos. Diz que falou com o promotor do projecto do Centro de Estágio e que este continua à espera. (Recordamos que este consócio apresentou há poucos anos um projecto na Moita sobre um centro de estágio). Apresenta uma proposta para o clube abrir o pavilhão depois dos próximos 5 ou 6 jogos de futebol para os sócios virem discutir o futuro do clube.
Finalmente fala sobre o projecto imobiliário. Diz que trabalha no ramo e que se oferece o seu serviço ao clube de forma gratuita.

23:39 - Fala Elísio Gouveia. Diz que foram gastos 160 milhões de Euros na última década. Não percebe como são precisos 7 meses para preparar eleições. Diz que Ramos Lopes falou numa série de gente nova, mas o clube é sempre gerido por velhos. O clube está mal, mas quem governou o clube estão todos no mesmo sítio: no Conselho Geral. E vão-se revezando a gerir o clube. E deixaram o clube tão mal que tem de ter uma Comissão de Gestão. Mas em 6 meses a Comissão de Gestão consegue resolver os problemas do clube??? O Conselho Geral agora não indica ninguém para gerir o clube, porque indicou o Fernando Sequeira há 6 meses.

AG LIVE - 5

23:35 - Não se percebeu o nome de quem fala agora. Pede encarecidamente a Mário Rosa Freire que pegue no clube. Está farto de pessoas que se servem do Belenenses. Para a Comunicação Social, explica que o Belenenses é o 4º grande, porque antes de conseguir o Campeonato Nacional em 1946, ganhou 3 campeonatos de Portugal e uma série de outras competições. Falem do Belenenses.

23:26 - Fala António Fraqueiro. É a primeira vez que fala em AG. É consultor de Marketing desportivo e dá aulas no ISCTE. Temos de nos orgulhar do nosso passado, temos de agradecer eternamente a quem fundou e ajudou a construír este grande clube. Mas andamos a dormir. Somos um dos clubes mais importantes do país e por muitas dificuldades que estejamos a enfrentar, a verdade é que há muito construído. Mas temos de nos unir! Mas como somos grandes, as dificuldades também têm de ser grandes. Temos de olhar para o futuro e para as dificuldades como uma oportunidade, para as enfrentarmos e vencermos. O futuro é que interessa, tudo o que fizermos hoje é projectar e definir o futuro. É da nossa responsabilidade o que deixamos às gerações vindouras. Tem vindo a algumas AGs e só ouve falar de problemas e do passado, ninguém fala do futuro! Zero de pensamento estruturado do que queremos para o nosso clube! Ninguém pensa no médio e longo prazo! É fundamental actualizar o nosso complexo e muito importante ter mais sócios e saber quem são eles. Quem são, o que fazem. E as claques? São fundamentais, o pulmão do clube. O que fazemos pelas claques? São fundamentais! Temos de envolver os sócios, adeptos e funcionários, senão não há clube nem aqui nem em lado nenhum! (CORTADA A PALAVRA)

23:20 - Toma a palavra o consócio José Ascenção. Diz quem conhece a história do Belenenses sabe que o clube está sempre em dificuldade. Começámos sem campo, fomos campeões tiram-nos o campo a seguir, puseram-nos na rua...
Temos que resolver a nossa situação. Criar receitas que sejam regulares. A situação da SAD tem que ser resolvida. A formação tem que ser melhorada. Temos miudos cá a jogar desde o filho do Sócrates até ao miudo com pouco dinheiro. Não defende o corte das modalidades, é contra a nossa história.
Diz que não precisamos de pessoas que à minima dificuldade abandonam o barco. Precisamos de pessoas que pretendam fazer o melhor que sabem com aquilo que têm!

23:10 - Fala Manuel Ferreira. Pede uma salva de palmas para José Manuel Anes pela sua dedicação. Foi atleta do clube há 50 anos e o pai foi um dos fundadores do Belém. Somos simpáticos, honestos, não chateamos muito... devemos ser os criadores do fair-play. Estamos numa situação complicada e todos seremos poucos para haver um Belenenses no futuro. O Belenenses não pode fugir das envolventes, e não se percebe como há clubes com tantas ajudas. Temos de nos unir. Sempre soubemos reagir às adversidades e merecemos ser vistos como os outros de Lisboa.

AG LIVE - 4

23:06 - Continua a falar Luís Pires. É urgente mudar os estatutos. O Conselho Geral tem de ser um órgão consultivo! (APLAUSOS) Foi afastado do Conselho Geral porque não é hipócrita, não era bem visto pelos "ilustres" que fazem parte do Conselho Geral. Chegou a altura de dizer chega. Conselho Geral faz falta. Mas intrometer-se na vida do clube? Decidir quem manda no clube? NUNCA! Assim vamos andar de 6 em 6 meses a discutir o nosso futuro. Onde estão as pessoas que aqui foram aplaudidas de pé há 6 meses??? Não houve outra lista porque o Conselho Geral não quis, foram feitos muitos telefonemas para sócios que estavam a preparar listas, porque Fernando Sequeira era a iminência parda e não se podia beliscar. A situação actual é da RESPONSABILIDADE do Conselho Geral. Não nos respeitamos a nós próprios!

23:01 - Vai falar Luís Pires. Temos de analisar o nosso passado e saber como aqui chegámos. Estivemos aqui há 5 meses numa assembleia apoteótica com um Presidente inspirado pelo Conselho Geral como "Salvador". Era o "Salvador", de grande prestígio nas palavras do Conselho Geral, e que não se dignou explicar como ia pagar o empréstimo. E toda a gente bateu palmas. E quando foi preciso passar agora o 1º cheque para o pagar, fugiu. Diz que Mário Rosa Freire tinha um bingo que era uma mina, e agora não temos nada. Os nossos estatutos têm artigos incompreensíveis, votações como as nossas só no Zimbabué. Votos por procuração??? Só no Zimbabué. Eu assisti a um Presidente eleito que esteve uma hora a votar com 70 procurações. É uma ilegalidade!

AG LIVE 3

22:54 - Coroado responde a alguns dos pontos colocados por Viana de Carvalho. Diz que após a demissão de Cabral Ferreira, seguiram eleições e depois surgiram novas demissões e eleições. Relativamente à auditoria, o vice-presidente da mesa da assembleia geral diz que a mesma não está pronta porque a empresa de auditoria espera por respostas colocadas a outras entidades.



22:47 - Vai falar Viana de Carvalho, o vice-presidente para a área financeira do tempo de Cabral Ferreira. Começa por elogiar Rosa Freire, que acabou de falar. Diz que gostava que tivesse existido discussão antes e relata os últimos acontecimentos e gostava de saber o que realmente aconteceu nos últimos seis meses.
Os estatutos dizem que os estatutos dizem que as contas devem ser aprovadas até Abril e isso não aconteceu. Quando saiu as contas estavam quase prontas e não compreende como seis meses depois ainda não foram apresentadas. Interroga-se sobre a auditoria que já dura há muito tempo e não há razões para não se saber nada! Será por causa do empréstimo? Também será esta a razão do adiamento das eleições? Viana de Carvalho afirma que o Belenenses precisa é de um presidente forte e não de uma solução transitória. Quer eleições já! Quer que as candidaturas se apresentem e não quer soluções de recurso.

AG LIVE 2

22:38 - Fala o sócio 509, Mário Rosa Freire. Diz que é a primeira vez que usa a palavra, mas tem essa obrigação pelo momento do clube. Foi dirigente em 1982, na fase porventura mais crítica da história do clube. Não havia dirigentes há 2 anos e valeu na ocasião ao Belenenses um grupo de sócios que Acácio Rosa reuniu como Conselho Executivo. Teve a honra de ser inicialmente Vice-Presidente e meses após ser eleito Presidente após a normalização estatutária. Mas a crise estava instalada e o clube desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O passivo era de 95 mil contos, alguns milhões de euros a valores de hoje. A crise foi vencida. O Belém vive novamente um período conturbado, caminha-se para o abismo se nada for feito confirmando-se os défices anuais de milhões de euros de clube e SAD, que entende como entidade única. Mecenas já não existem, é tempo de encontrar soluções rapidamente e actuar. Comparando as 2 situações, existe uma grande diferença. Em 1982 não existia património imobiliário, o clube tinha apenas o direito de superfície de parte da área que ocupa. A sobrevivência do Belenenses tem de passar pelo aproveitamento do seu património, 115 mil metros quadrados numa zona altamente valorizada da cidade cuja rentabilidade para o clube é nula. Já em 1999 uma Direcção de Ramos Lopes pretendeu rentabilizar o património. Mas o clube não reagiu devidamente à recusa da Autarquia. É o momento de retomar o projecto, este ou outro, que permita os meios financeiros para que continuemos a ser um dos maiores clubes de Portugal. Tem de se pedir ao Poder o reconhecimento do Belenenses ao longo de 90 anos. À Autarquia temos de pedir igual tratamento ao dispensado a Benfica e Sporting. Os PDMs estão sujeitos a revisões periódicas e alterações pontuais. Apoia a Comissão de Gestão para equilibrar o clube e haja condições para as eleições de Abril. O clube tem gente muito válida para dar a volta a esta situação. O futuro pode começar hoje! CORTADA A PALAVRA.

22:32 - Fala Mendes Palitos. Agradece a Ramos Lopes a lição de história do clube. Está de acordo com ele nalgumas coisas, mas discorda quando Ramos Lopes está de acordo com esta ordem de trabalhos. Não vê nos estatutos do clube a possibilidade de ser nomeada esta Comissão de Gestão, deveria ter sido aberto um período eleitoral, para que não se volte a ter eleições daqui a uns meses. Se não conseguimos fazer eleições, que credibilidade temos? Uma Comissão de Gestão tem de ser sempre um último recurso. Para além disso, não percebe porque ainda não há resultados da auditoria, se os auditores recebem o seu dinheiro. O Belenenses precisa é de uma Direcção. Capaz de tomar medidas. Comissão de Gestão é perda de tempo fundamental para o clube, e os estatutos prevêm que haja eleições e não nenhuma Comissão de Gestão.

22:28 - Ramos Lopes continua a usar da palavra. Diz que tem prazer em indicar alguns nomes de jovens Belenenses com valor e disponíveis. Pedro Machado, João Almeida, Filipe Baltazar, Miguel Ferreira, Sérgio Ferreira, Frederico Almeida, entre outros. O Belenenses com gente desta não pode morrer. A CML e as instituições públicas não podem descriminar o Belenenses! (APLAUSOS) Dá exemplos de vários clubes com enormes ajudas estatais e regionais. Não vão suspender o PDM para a Fundação Champalimaud construír à beira-rio? O Belém é menos que a Fundação Champalimaud??? TEMOS DE SER RESPEITADOS! (PLATEIA APLAUDE AO RUBRO!)

22:26 - Ramos Lopes diz que tem uma palavra de esperança, relembra que fomos o clube que perdeu o campeonato a 4 minutos do fim, que foi o Belém que foi expulso do seu Estádio para ir para uma pedreira. Se ainda existimos, é porque somos determinados e temos uma grande força moral. Apoia a Comissão de Gestão porque eleições frequentes fragilizam uma instituição. Diz que assim haverá melhores condições para as eleições de Abril de 2009. O CF e AG mantêm-se em funções e a Comissão de Gestão irá funcionar como funcionaria uma Direcção. É importante haver jovens com qualidade nesta Comissão, porque o Belém precisa de gente jovem. (Aplausos)

AG LIVE - até 22:25

22:25 - Jorge Coroado afirma que João Almeida se demitiu do Conselho Fiscal há 2 dias. Fala Ramos Lopes.

22:18 - Fala Rui Almeida. Gostava de saber como está o clube actualmente. Diz que tem a certeza que em Abril continuará a não haver auditoria. Alguém anda a esconder algo no nosso clube. Sejam sinceros, digam o que se passa no nosso clube. Afirma que a 48 horas da Assembleia aparece uma nova Comissão de Gestão e os sócios têm de bater palmas. Como é possível João Almeida fazer parte do Conselho Fiscal e da Comissão de Gestão? Aconselha os sócios a pensarem bem, diz que há 20 anos pertenceu a uma Comissão e descemos de divisão, porque não é possível tomar posições sobre nada. E diz que João Almeida já disse que a Comissão vai fazer o possível. Recorda que Fernando Sequeira em 4 meses e meio espatifou 4 milhões e meio de euros.

22:17 - Cortado o microfone a João Almeida. Aplausos.

22:14 - Confusão instalada, comunicação de João Almeida interrompida. Os sócios queixam-se da declaração ser campanha eleitoral. João Almeida esclarece que a comissão se disponibilizou a ajudar o clube. Ovação. João Almeida promete ser mais breve, e pede se algum sócio inscrito lhe pode ceder tempo. Jorge Coroado, que conduz a AG, não acede ao pedido, aconselha João Almeida a reinscrever-se. João Almeida deixa claro que esta é uma solução transitória.

22:02 - Fala João Almeida. Agradece a presença de tantos sócios num momento importante para o clube. Diz que a Comissão não se candidata a nada, apenas está disponível assim os sócios o entendam. Salienta que a Comissão não promete títulos nem estádio cheio. Apenas trabalho e estabilidade. Plano de acção da Comissão. condicionado pela situação financeira clube/SAD, o limitado espaço de tempo em gestão e a natureza da comissão como órgão transitório:
- renegociar a dívida bancária do clube, aprovada na última AG. O Belenenses tem de honrar o seu bom nome e negociar franca e abertamente, protegendo os interesses do clube. O Belenenses não pode falhar o cumprimento das suas obrigações. Mas também não poderá assumir contratos leoninos para a contra-parte.
- apresentar resultados da auditoria. É fundamental conhecê-los. O processo será acelerado.
- aumentar receitas e reduzir custos. Aumentar as receitas desenvolvendo acções junto de parceiros ou patrocinadores, rentabilizando a imagem do clube, equipas e instalações. (Alguma contestação na sala...)

22:00 - Há 11 inscritos, a Mesa vai limitar o tempo das intervenções

21:55 - Começaram as inscrições para intervenções relativas à ordem de trabalhos.

21:53 - Jorge Coroado esclareceu a ausência do Presidente da AG, José Manuel Annes. Segundo as suas palavras, o Presidente da Mesa da AG está a sofrer de problemas cardíacos e é esse o motivo da sua ausência.

21:50 - Foi apresentado um requerimento para um período de discussão de 30 minutos antes da ordem de trabalhos. O pedido foi recusado por esmagadora maioria dos sócios, perante alguns protestos mais exaltados, que tiveram de Jorge Coroado rápida intervenção.

21:45 - Foi proposta a votação dos sócios a autorização de presença de comunicação social. Foi autorizada a sua presença com 172 votos a favor, 66 contra e 31 abstenções.

21:40 - Cerca de 300 sócios presentes na Assembleia Geral.

21:16 - Grande afluência dos sócios. Os sócios ainda estão a entrar. Rumores sobre a demissão de José Manuel Anes.

Assembleia Geral - LIVE

Blog do Belenenses: Luciano Rodrigues

Dando continuidade a um acompanhamento detalhado dos desenvolvimentos das AGs do nosso clube ao longo dos últimos anos, uma vez mais esta noite o Blog do Belenenses estará presente no Pavilhão Acácio Rosa e levará até aos adeptos azuis impedidos de participar na AG as suas incidências em tempo real.

Convidamos pois todos os bloguistas a juntarem-se a nós mais logo, a partir das 21:00, para seguirem a par e passo as incidências daquela que é por muitos consideradas a mais importante AG da história do nosso clube, que vive, é inegável, dias de absoluta indefinição. De forma a conseguir um trabalho com a maior qualidade possível, o BdB destaca para este acontecimento a maior equipa de sempre, composta por 3 pessoas, que tentarão fazer chegar até vós, da forma mais efectiva possível, todo o desenrolar da mesma.
Até logo a todos. No Pavilhão Acácio Rosa ou nas malhas da "Aldeia Global". VIVA O BELENENSES!

Imprensa 2008.09.22 - 2008.09.26

Não tem sido possível, devido à falta de tempo, actualizar a rubrica "Imprensa" mas uma vez que hoje à noite vamos ter Assembleia Geral no Pavilhão Acácio Rosa achamos importante que os sócios tenham conhecimento do que tem sido dito publicado nos jornais. Assim, a equipa do BdB fez um esforço suplementar e compilou neste artigo a maior parte das noticias que foram publicadas na última semana sobre o nosso clube.

Apelamos a todos os sócios para participarem nesta reunião mas aproveitamos para anunciar que o Blog do Belenenses irá acompanhar a Assembleia Geral em directo.


22/SETEMBRO/2008


23/SETEMBRO/2008


24/SETEMBRO/2008



25/SETEMBRO/2008


26/SETEMBRO/2008

Bora lá BELÉM!!!


Sinceramente não vi o jogo frente ao Sporting, até comecei a ouvir na rádio, mal levámos o golo fui para junto da família que me esperava!

Esperei pelo resumo alargado pois os senhores comentadores da estação disseram que a arbitragem tinha sido tendenciosa... nesse sentido corri para a televisão para ver esses lances tão polémicos.

Sinceramente, e a meu ver, só mostraram mesmo os lances capitais (nem a entrada do Carciano mostraram, só mesmo a do H. Postiga que devia ter ficado com um Amarelo a dar para o avermelhado e mais à frente deveria ter levado o segundo por palavras... mas isso já são outras contas)... Relativamente ao penalti, não há dúvidas... É penalti! O H. Postiga foi inteligente, o nosso Maykon ficou a ver navios, pois só tinha mesmo que perceber que com um relvado molhado e naquela zona é um total disparate fazer um carrinho daqueles!

Enfim, estes três pontos já ninguém nos dá... e por isso toca a esquecer o assunto até porque temos aí à porta um Leixões que derrotou para mim uma séria candidata aos lugares cimeiros (infelizmente). Depois de um 2-0 frente ao Braga a moral está em alta e pontuar no Restelo neste momento não parece difícil, no entanto tenho que admitir que para eles também não vai ser nada fácil afinal de contas temos três jogos... FC Porto, P. Ferreira e Sporting, duas deslocações difíceis e um jogo em casa bem mais fácil mas que mesmo assim não ganhou pontos ao Benfica porque não calhou... os Deuses inclinaram o campo!

Escrevo este rápido artigo no sentido de dizer aos nossos sócios que o nosso jogo calha numa segunda-feira (uma verdadeira chatice) no entanto, e se realmente amamos o nosso clube como todos os dias o demonstramos aqui e noutros blogges, porque não trocar o raio do sofá, que é uma palavra que me tira do sério e vão ao estádio passear com a família? Eu faço isso, tenho amigos que o fazem também, tenho conhecido pessoas fantásticas no nosso clube com quem dou sempre dois ou três dedos de conversa, como uma bela de uma bifana, respiro um fantástico ar puro que só o nosso estádio tem, deslumbro-me com aquela vista panorâmica sobre o nosso Tejo e ainda me arrisco a ver o Belenenses a ganhar...

Mas que raio de simpatizante ou sócio do clube, tem a possibilidade de ir ao jogo e não vai... Se o Mior é mau? Não quero saber... Se equipa não faz dois passes seguidos? Mentira, vi boas jogadas no já mencionado resumo frente ao Sporting... Se é importante o nosso apoio? Qual é a equipa que ganha sem público (vejamos o caso do Leiria)... Não percebo e faço todos os dias um esforço para tentar perceber o porquê de não ir aos jogos... E bato na mesma tecla todas as semanas, o problemas começa nos Belenenses que não acompanham a equipa e não no Mior, no ex-Presidente ou nos jogadores... O nosso problema são mesmo aqueles que não vão aos jogos mostrar que estamos com eles... Vejam a importância da Fúria Azul no nosso clube, a aproximação que existe entre eles e os jogadores! É de louvar a dedicação destes senhores, que cantam, batem palmas, choram e riem em conjunto, ali há espírito de equipa... E nós meros sócios e simpatizantes do clube? É gozar a todo o tempo com o jogador x, é falar mal da pessoa y, sinceramente nesse sentido eu não sou do Belenenses! nem me queiram meter nesse saco pois aí eu não entro! vão aos jogos, não critiquem tanto, ou é porque o bilhete é caro, ou é porque um sócio pode levar um acompanhante (grátis para os dois), ou é porque eu fazia assim e assado... mas não fizeram! Foi assim que ficou decidido, respeitem quem lá está... Vão ao jogo nas condições que nos propuseram, se pagam é porque pagam se não pagam é porque deviam pagar menos ainda... sinceramente, fiquem contentes com qualquer coisinha! Vão ao estádio e deixem de usar as tais portas das piscinas e do nosso querido pavilhão Acácio Rosa... Sejam frontais quando não concordam! Sejam pacientes e tenham uma réstia de sensibilidade para com o nosso clube, não o destabilizem!

Enfim mais um desabafo chato, que nem a todos agrada, mas esta tensão negativa em torno do meu clube já chateia, já me dá angustia, já me entristece tanto que até me tira vontade de falar e discutir positivamente o nosso clube... sinceramente, sinceramente... gostam, GOSTAM! Não gostam vão falar mal do Benfica que eles já têm 2 milhões assim!

Já agora, amanhã [hoje] vai haver uma AG importantíssima no futuro do nosso clube! Se poder vá, se não, vá ao jogo de Segunda-Feira pelo menos!

Abraços e vivó Belém de alguém que está, ou tenta estar, sempre presente!

quinta-feira, setembro 25, 2008

O futuro começa amanhã !

Blog do Belenenses: Tiago Moreira

È amanha que se vai realizar a AG Extraordinária que poderá ser determinante para o futuro do nosso clube.


O ponto “forte” desta AG, é a aprovação, ou não de uma Comissão de Gestão. Comissão de Gestão essa que caso seja aprovada, irá permanecer em funções até Abril de 2009, altura em que teriam de ser feitas eleições para todos os órgãos sociais do clube.


Por o que já consegui perceber, parece que as opiniões em relação ao futuro, estao divididas, uns são a favor, outros contra.


Na minha opinião penso que fazer eleições antecipadas, é uma ideia que em nada favorece o nosso clube. Eleger alguém, para estar em funções durante, 5 meses (caso as eleições se realizassem em Novembro), não faz sentido!


Não existe tempo para construir um projecto, construir ideias. E estou com receio que possamos cair novamente nesse “engano”, e voltarmos a ter alguém que não tem tempo para construir um projecto, e não acrescentar nada de novo.


Penso que o nosso erro dos últimos anos, é não termos um projecto! E para isso, tem de se dar tempo para as pessoas trabalharem, não é em 5 meses, que se constrói algo.


Uma comissão, até Abril, e nessa que apareçam os candidatos. Aí sim, com tempo para um projecto, a meio longo prazo.


Apelo a todos os associados, que compareçam amanha pelas 20:30 no Restelo, para todos juntos decidirmos o futuro do nosso grande clube.


VIVA O BELENENSES!



Quarto de Hora à Belém VII




Amigos Belenenses, mais um jogo da Liga Sagres e novamente continuamos sem vencer.

Desta feita o adversário foi o Sporting, organizado no seu meio campo, perante um Belenenses à procura do seu ritmo de jogo e da adaptação dos novos elementos. Não é uma derrota grave, até porque em determinados momentos de jogo o Belém esteve bem, tanto na ocupação de espaços como na transição defesa – ataque. No meio campo destaque para os dois melhores jogadores (Silas e Zé Pedro), enquanto que a parte negativa vai claramente para o ataque. Continuamos à procura da melhor dupla atacante, e a equipa ainda não tem um goleador. Já se utilizou Marcelo e João Paulo, agora utilizou-se Wender e Porta, continuando as dificuldades no último terço do terreno. Na defesa destaque para a boa exibição de Matheus, que a meu ver foi dos jogadores que evoluíram mais nos últimos tempos. Basta observar que contra o Porto, esteve muito nervoso, sem sentido posicional, mas neste jogo demonstrou querer “agarrar a oportunidade”, dada a lesão de Arroz e a falta de qualidade de Vanderlei, concretizando uma exibição segura e com bom sentido táctico.

Mas no sector defensivo falta ainda alguma tranquilidade (como diz Paulo Bento), onde só não sofremos golos com o Covilhã. Tranquilidade que falta a toda uma equipa que neste momento está à procura da sua melhor forma e de uma vitória que lhe dê confiança.

Foi uma exibição normal (dado os maus resultados em Alvalade), frente a uma equipa também normal, mas com uma arbitragem anormal e muito humana! É mais um ano que Postiga nos marca em fora de jogo, e se no ano passado nem Nelson Évora saltava aquele fora de jogo (frente ao Porto), neste caso o árbitro auxiliar talvez não conhecesse as regras. Esta vantagem deu ao Sporting a posse da bola, o que obrigou o Belém a um maior desgaste físico. Na segunda parte, num dos momentos em que o Belenenses estava bem no jogo, surge a inexperiência de Maykon, talvez porque não estava na sua posição de origem, fazendo um penaltie que posso qualificar como a “decisão do jogo”. Foi um erro que custou caro, pois a capacidade de reacção da equipa ficou muito reduzida e a moral foi afectada. Mesmo assim reagimos, com oportunidades de golo por Silas e Mano. Foi um Belenenses “quanto baste” aquele que jogou frente ao Sporting. Não foi mau, mas a equipa parece que está a evoluir melhor, quer a nível da organização defensiva, (Matheus e Carciano com mais jogos e com maior experiência podem ser bons reforços) quer ao nível exibicional. Falta ainda velocidade nas transições (Wender não aguenta 90 minutos) e Porta ainda não se entende com os companheiros.

Virando agora a página, num clima de aniversário que deveria ser de festa e de alegria, o momento do clube não contempla isso. Está diferente o Belém, ainda amargo pela crise económica e angustiado por um “vazio directivo”. Aproxima-se o dia da Assembleia Geral, um dia importante para o futuro do clube. Numa semana em que foram falados vários nomes para a Comissão de Gestão (nomes que são sempre os mesmos) parece que foi “fogo de vista”, pois a maioria dizendo que iria ajudar o Belém a resolver os problemas correntes, voltaram atrás e recuaram na decisão. São os dirigentes do Belenenses ao seu mais alto nível! Ou existe um consenso total entre as “hostes” ou então ninguém quer pegar na “batuta” (vou mais para esta última solução).

E é assim que mergulha esta grande instituição do futebol português com 89 anos, reconhecida por muitos, abafada e esquecida por outros (também aqui incluiu muitos sócios). Estamos num momento difícil que exige muita discussão positiva e ideias, mas acima de tudo exige modernidade e acção.

Na AG de amanhã esperemos soluções não de recurso, mas soluções válidas e eficazes.
A meu ver é preciso, como já disse muitas vezes repensar a nossa gestão. Talvez somos todos Sebastianistas, esperando um salvador da pátria, que resolva os problemas. Mas o que é certo é que precisamos desse “salvador”, que adapte o clube à realidade moderna.

É preciso sobretudo nós sócios pensarmos de uma vez por todas o nosso clube, e escolhermos a pessoa indicada e não a vontade de uns “Velhos do Restelo” (aqui a referência às pessoas que se opõem ao desenvolvimento) do Conselho Geral, que se sobrepõem à vontade dos sócios com soluções de “salvação” e de recurso, que no fundo não passam de balelas para impedir a modernidade do clube. No fundo, precisamos de um presidente carismático que saiba manobrar bem as palavras, isto é, por exemplo que não prometa a UEFA, quando não tem equipa para isso. É preciso pensar antes de falar, como se costuma dizer. Outra coisa é que esse presidente tem que estar rodeado de uma boa equipa (veja-se o exemplo de Cabral Ferreira aquando da leitura do caso Meyong em que estava sozinho sem ninguém a apoiá-lo) que possibilite uma estrutura forte e ambiciosa. Outra questão é que o presidente deverá ter um bom conceito de gestão. Porquê não fazermos um contrato de naming com uma empresa, para colocar o nome dessa mesma empresa numa das bancadas? Assim não tínhamos que alienar qualquer tipo de terreno, nem de despender qualquer dinheiro, melhor teríamos dinheiro suficiente pelo menos para fazer face às despesas correntes. Portanto, é preciso gerir bem as situações a nosso favor. Por exemplo se temos terrenos e consequentemente os podemos utilizar para obtermos a máxima rentabilidade deles, porque os temos ao abandono? E porque não chatearmos a Câmara até à exaustão para ajudar o clube? Muitos o fazem e saem a ganhar. O que se constata é que a política do Belém é o “deixa andar” ou “isto com o tempo resolve-se”, parecendo uns autênticos políticos de “gema”. Temos um património que muitos não o têm e uma história que muitos a desejavam. E nunca aproveitámos nem uma nem outra coisa para o clube ficar melhor! Porquê não fazer uma campanha de marketing aludindo à nossa história? É muito dinheiro ou será má vontade? Precisamos é de boas ideias e boas soluções.

O novo presidente ou a nova Comissão (dependendo da nossa vontade) terá esta dura missão de modernização do clube. Dura? Sim, porque no Belém temos o Conselho Geral que emperra esta mudança, e que ao longo dos anos tem-se apresentado num clima de divisões.

O próximo presidente tem a incumbência de revitalizar os antigos sócios e chamar a juventude até ele. E tem talvez uma obrigação mais importante, mexer com os “lobbies”. Parem-se com os convites para os amigos e para os primos e tios (que na maior parte das vezes nem Belenenses são) e vamos entregá-los a quem os merece, aos sócios mais antigos, que não tem possibilidades financeiras ou aos mais novos, que querem apoiar e sentir o Belém. Porque o Belenenses precisa neste momento da ajuda de todos, quer idosos, quer jovens, neste momento complicado e de decisão. Porque o Belém é muito mais que estes dirigentes que se escondem, “endrominam”, ou que fazem um mau trabalho.

Somos um bom clube e espero voltar às vitórias já com o Leixões!

Ah e amanhã se virem muita Polícia no Restelo, não se esqueçam é o Fernando Sequeira a chegar à AG.

Saudações Azuis!
Nuno Valentim

Vai um Pastelinho? VI



Na segunda-feira o importante é ganhar. Jogando bem, jogando mal, com mais ou menos posse de bola, com um português ou apenas meio português em campo, fundamental é acabar o jogo com mais bolas metidas na baliza do Leixões do que eles na nossa.

O ambiente que antecede a partida é propício a resultados extremos, a equipa está sob brasas, o treinador com a cabeça a prémio e todas as críticas apontam para um Belenenses muitos furos abaixo das épocas anteriores.

Creio que as coisas podem correr muito mal se, de início, não começarmos a fabricar ocasiões de golo, a rematar à baliza, a lutar por todas as bolas. Se dermos espaço e tempo ao Leixões para assumir o jogo, para nos pressionar no nosso meio-campo, para trocar a bola, cedo começarão os assobios na bancada e mais instável a equipa ficará.

Gostava de ver um Belenenses a jogar deliberadamente ao ataque, com uma estratégia arrojada e estou na expectativa de que, se entrar um golo cedo a nosso favor, a equipa se possa soltar e actuar a um nível mais condizente com as nossas cores.

Casemiro Mior tem tardado em conferir organização à nossa equipa. O sistema táctico oscila de jogo para jogo, há uma ligação insípida entre os sectores e poucas são as jogadas de ataque que não passam pelos pés de Silas, Zé Pedro e Cândido Costa.

Todavia, não podemos negar a Casimiro Mior o facto de a sorte não ter querido nada com ele desde que chegou ao Belenenses. A direcção que o escolheu demitiu-se, viu partir a espinha dorsal da equipa do ano passado, o plantel tem sido fustigado por lesões, os reforços dificilmente terão sido as suas primeiras escolhas e o arranque de campeonato com um grau de dificuldade 10, aliado ao facto (que quase já nem assinalamos, tão habituados estamos) de termos sido roubados nos 3 jogos, nada foi conducente à estabilização do que quer que fosse.

Para mim, dois meses e meio de trabalho exigiam mais equipa, no entanto, admito que o papel de Mior tem sido muito difícil de desempenhar. Na segunda-feira, acima de tudo, exige-se que nos prove que quer ganhar. Para isso, eu apostaria no seguinte onze: Júlio César(se estiver em condições); Cândido Costa, Alex, Carciano e China; Gómez; Silas, Zé Pedro e Vinícius; Wender e Roncatto.

Um discurso à Depireux também nos ia fazer bem: “temos de acabar o jogo com 20 remates e 3 golos marcados senão não há folga para ninguém!”. E seria fundamental que estivesse uma assistência não totalmente embaraçosa. Dadas as circunstâncias, 3000 pessoas já não era mau...

Pedro Sequeira

quarta-feira, setembro 24, 2008

O que é feito de... Kostov?



O desafio desta semana foi tentar saber do nosso antigo médio o búlgaro Kostov.

Vanio Kostov veio para Portugal no início dos anos 80, altura em que o mercado se virou para leste, Kostov foi dos primeiros a chegar a Portugal vindo do Slavia de Sófia. Era internacional búlgaro.

Foi um jogador mediano que veio para o nosso clube vindo do Sporting. Depois ainda representou o Farense.

Kostov esteve juntamente com o também búlgaro Bukovac envolvido num pseudo escândalo. Casaram-nos com portuguesas para que se pudessem naturalizar portugueses.

Gostou tanto do nosso país que por cá se radicou e hoje em dia é empresário de futebol. Sendo também secretário técnico do Sp. de Espinho.

Para a próxima semana o desafio será tentar descobrir o que foi feito do Pedro Barny, um defesa que actuou no nosso clube. Digam igualmente o que achavam dele como jogador.

Agradecemos todas as informações possíveis.

Báu Azul: Vicente Lucas




Vicente Lucas

Vicente Lucas, nasceu em Lourenço Marques (actual Maputo) a 24 de Setembro de 1935. O mais novo de 5 irmãos entre os quais Matateu. E irmão de Matateu foi certamente o primeiro cartão de visita do jovem nos idos anos de 1954 data em que Vicente chega a Lisboa para jogar no Belenenses. Faz a sua estreia contra o Atlético na festa de Feliciano e Rogério e a sua estreia oficial acontece com o F.C. Porto onde marca o golo da vitória. Apesar de vir referenciado como avançado, Fernando Riera á época treinador do nosso clube,”Transforma-o” num médio.

A internacionalização pela selecção B chega somente sete meses depois da sua estreia em terras europeias e a sua primeira época no clube de Belém fica marcada pelo empate na última jornada e a consequente perda do título nacional.

Em 1957/58 joga pela primeira de vinte e uma vezes pela selecção A numa vitória contra a Escócia. No âmbito internacional começa a destacar-se quer nos jogos contra o Santos quer contra a selecção do Brasil, por marcar de uma forma exemplar e correctíssima o maior jogador do mundo Péle.

Por terras nacionais é ele quem levanta a taça de Portugal em Julho de 1960, no confronto com o Sporting. Em 1963 ganha o prémio do Diário Popular para o melhor jogador do campeonato.

Em 1966 faz parte da equipa dos “magriços” que em Inglaterra conquista a melhor classificação de Portugal num campeonato do mundo, sendo que a ausência de Vicente na meia-final com a Inglaterra é sobejamente lamentada.

Depois, o acidente que corta abruptamente uma carreira no auge. A festa de homenagem foi a nível nacional com jogos em todo país e um concurso especial do totobola manifestando todo o apreço que um país inteiro sentia por si. O dinheiro da festa dá para um negócio que corre mal e dedica-se então á carreira de treinador passando por clubes como o Dafundo,Celorico da Beira, Sesimbra (duas vezes) V.G. Sines, Cascais, Peniche,Desp. Castelo Branco, Amiais de Baixo e Belenenses, onde a partir de 1980 é adjunto de Félix Mourinho, Fernando Mendes,Jimmy Melia,Depireux , Marinho Peres e treinador das camadas jovens.

Ao Vicente Lucas extraordinário jogador e Ser Humano o nosso tributo.

terça-feira, setembro 23, 2008

Voz do Leitor XXI: Não está muito mau...




JOÃO SANTOS

Amigos,

No Sábado assistimos, infelizmente, a mais uma derrota do nosso clube. Derrota que acaba por ser injusta devido ao facto de como sofremos o 1º golo, completamente for a de jogo. E, se quiserem, também como sofremos o 2º. O Maycon devia ter saído porque, além de ter sido dos mais fracos, estava há imenso tempo a fazer faltas que lhe podiam dar o cartão amarelo a qualquer momento. É penalti indiscutível, é um autêntico brinde do nosso jogador que não lhe chegou com ter-se atirado de carrinho numa zona proíbida, como aínda levantou a perna para ter a certeza que acertava no Postiga…!! É pena!! Um profissional de futebol tem de ter atenção no que faz, o lance foi crucial para nós, que estavamos a tentar ir para cima do Sporting.

Relativamente à exibição, no geral, a equipa esteve melhor que nos 2 jogos anteriores, apesar de achar que não fomos mediocres contra o Porto e contra o Paços faltaram-nos pernas na 2ª parte.

O jogo foi fraco no geral, mas o Sporting é que tinha de levar a batuta do jogo e isso nunca foi muito visto. Jogámos de igual para igual e isso foi importante. A disposição em campo foi boa pelo que a estratégia foi bem montada. Mas infelizmente, não serviu de nada porque acabámos por perder. As substituíções não me pareceram bem feitas porque o Porta e o Wender podem decidir num determinado lance, pelo que já me apercebi. O Roncatto continua a não demonstrar-me nada, o João Paulo, não entendo a raiva que alguns de nós lhe temos, acho que é bom jogador mas precisa de jogar mais. Talvez num 3X4X3 contra o Leixões, ele possa entrar. Acho que temos de partir para cima do Leixões a partir do 1º minuto de jogo para conseguirmos dar um pontapé nesta crise de resultados que nos assola.

Relativamente à nossa crise directiva, não entendo o que se passa. 1º todos querem tacho mas depois, quando chega a hora da verdade, todos se chegam atrás.Porquê? Há alguma pressão interna para que apareça por aí alguém para tomar conta do Belém, parecido aos que por lá têm passado? Talvez.

Não há ninguém que queira pôr-se a trabalhar duma vez pelo nosso clube e que consiga expulsar os senhores que se continuam a servir do clube? Porque é que não se vai buscar um administrador, que se faça funcionário do clube, que tenha ideias de como pôr o Belenenses a funcionar, a dar lucro, a deixar de ser um pobre e podre coitado?! Porquê esta insistência em que tem de ser alguém do clube a tomar conta dos destinos do Belém?! Temos medo que quem venha seja somente um aproveitador que não se preocupe minimamente com os resultados do clube, porque é simplesmente um assalariado?Não tem passado gente nas direcções que dizem que amam muito o clube e que depois só estão interessados em tirar dividendos, sem se importar minimanente com o que aconteça?! Qual é o problema, Sr.Anes?! O que é que se está a passar? Tratem de trazer alguém válido, seja do Belém ou não e que queira trabalhar porque há muito para se fazer. Mas o clube continua nas mãos de 3 ou 4 que pôem e dispôem como bem entendem e isso não é justo. Deixem que as pessoas desta casa decidam o que é melhor para o clube porque somos nós que sustentamos tudo isto.

Sou do Belenenses praticamente desde que nasci, e tenho 32 anos. Tornei-me sócio aos 8 anos e por vários motivos, deixei de o ser há uns 2 anos. De qualquer forma, sempre que posso, vou aos jogos não só de futebol como de outras modalidades. Entre várias razões, deixei de ser sócio pela revolta que sinto com os dirigentes que por lá andam há algum tempo, reparem que são sempre os mesmos que aparecem…porque quando somos sócios de uma colectividade gostamos de ser parte activa, eu pelo menos, não gostamos só de fazer figura de corpo presente, nem de só gritar com os arbitros e jogadores aos fins de semana. Gostava que alguém chegasse e mudasse essa geração antiga que há tantos anos tem levado os destinos do clube, uns mal, outros menos mal… é preciso que se altere a mentalidade e se aposte em muitas áreas que podem fazer com que o clube comece a crescer novamente. Estamos velhos e doentes e precisamos de tomar a água do rejuvenescimento e umas pomadas para as rugas…só assim podemos ser grandes, como já fomos. Eu insisto muito em alguns aspectos que acho que deviam ser prioritários e sei que até me posso tornar repetitivo, mas é sem dúvida importante que se crie um departamento de marketing, muito agressivo. É nesse departamento que devia assentar toda a instituíção. Ele é que tem de ser o responsável por arranjar meios de subsistência para o clube, de promover o que pode trazer dividendos ao clube.

É necessário modernizar as nossas infraestruturas, não é necessário fazer empreendimentos urbanísticos que só iríam encher os bolsos a alguns. É necessário pressionar patrocinadores e arranjar novos para continuarmos com as modalidades amadoras e dar mais apoio aos jovens e menos jovens.

São só algumas ideias que acho que iríam trazer mais saude ao nosso clube. É urgente conseguirmos que alguém com motivação e com espirito guerreiro nos guia neste longo caminho.

Grande abraço belenense para todos vós.

João Santos

Parabéns Belenenses!

23/09/1919 - 89º ANIVERSÁRIO

Voz do Leitor XX: Meios audio-visuais, para quê?




MANUEL SANTOS

O programa Domingo Desportivo da RTP1 de 21/09/2008 foi um espectáculo.
Adorei a apresentação de uma reportagem interessantíssima sobre o belíssimo hino do SCBraga (oitavo classificado na época passada) que, aliás, teve direito a karaoke o que, certamente, pôs o país a cantar.

Só não calhou muito bem foi o inesperado atrevimento do Leixões que resolveu espetar com dois a zero ao (indigitado pela Comunicação Social) pretendente ao título nacional desta época. Enfim... melhores dias virão.

Fico agora aguardando algo de parecido em relação ao Vitória de Guimarães (terceiro classificado da época passada) pois acredito que também tenha o seu hino.

Pode ser até que a RTP organize uma espécie de Festival da Canção para os hinos dos clubes, embora saibamos de antemão quem ganharia o prémio.

Depois de muita lengalenga sobre a jornada do dia, veio a análise aos casos de arbitragem para o que a RTP1 se socorreu do douto parecer de dois conceituados ex-árbitros de futebol.

Um desses casos foi o do já famoso fora de jogo de Hélder Postiga, no primeiro golo do Sporting no jogo de Sábado frente ao Belenenses, golo que foi determinante no desenrolar do encontro e na vitória do Sporting.

Depois de verem as imagens, os peritos, que intervinham através de telefone, concordaram em que as mesmas eram inconclusivas e davam o benefício da dúvida ao árbitro assistente da partida, porque há um jogador do Belém que, vindo da linha final, aparece no canto inferior esquerdo da imagem já depois(?) de Yanik tocar a bola para Postiga.

Esse jogador, que me parece ser Mano, poderia eventualmente colocar Postiga em jogo.
O senhor jornalista de serviço ao programa, perante tão sapiente parecer, não esboçou sequer um gesto de contestação, aceitou alegremente a opinião e apressou-se a pôr uma pedra sobre o assunto.

Pois aqui estão dois slides das imagens que gravei precisamente do resumo do jogo apresentado no programa. O primeiro no momento em que a bola desce dos céus para a tola do Yanik. O segundo no momento exacto em que Yanik toca na bola, imagem esta que na peça é apresentada parada e com o traço amarelo indicador da linha limite do fora de jogo.

Em ambas e apesar das notas de rodapé, se vê perfeitamente a posição de Mano bem à frente de Postiga mas, quando não se quer ver...

O jogo já acabou, já está perdido, já nada há a fazer. Ao Sporting já ninguém tira os três pontinhos. O erro do bandeirinha até se percebe, visto que não é uma situação muito comum o guarda-redes colocar um adversário em fora de jogo. Mas, mesmo assim, estes senhores ainda vêm tentar enganar o pagode atirando-nos com areia para os olhos.

Em conclusão, se os meios audio-visuais fossem consentidos para resolver jogadas de duvidosa legalidade e se o poder de decidir estivesse nas mãos da RTP e seus peritos ou de outrem com as mesmas intenções, o golo seria validado, nada se alteraria.

Se não fosse por gostar tanto de ouvir o hino do SCBraga mandava à fava o Domingo Desportivo.



Manuel Santos

Belenenses no Mundo: Parque das Piscinas do Belenenses

Photobucket
Camisas, Dormes e o Sempre
Parque das Piscinas do Belenenses

segunda-feira, setembro 22, 2008

"Deixemo-los" trabalharem


Sinceramente não desgostei do que vi da prestação do Belenenses em Alvalade. Acho que um treinador com uma equipa completamente nova, e ainda para mais com muitos jogadores duplamente inexperientes (pela idade que têm e por nunca terem jogado em Portugal), ainda de mais tempo precisa para fazer uma equipa.

Quanto ao jogo em si vitória justa do Sporting. O primeiro golo é de facto em fora de jogo mas daqueles em que o engano é aceitável. E quanto ao penalty também não tive dúvidas.

Um ponto em nove possíveis não é obviamente animador. No entanto deixando as teorias de lado perdermos no Dragão e em Alvalade é normal. Empatar em casa com o Paços de Ferreira e Sporting da Covilhã (Taça da Liga) é que nem tanto … daí a querer revoluções vai uma grande distância.

Acho que se tivermos "calminha na vida" faremos uma época regular – acabando a meio da tabela - se andarmos a pagar rescisões com dinheiro que não temos vamos andar ainda mais ansiosos.

Como há uns anos um político que agora também anda por Belém disse – “Deixem-nos trabalhar!” … acho que esta é a “mior” postura a ter no momento. Pedir cabeças em Setembro é ridículo! Juízos mais serenos poderão ser feitos lá para o Natal.

Saudações azuis!
Henrique Cruz dos Santos